5 dicas para conseguires superar o medo

17 de Abril, 2021
Posted in Saúde
17 de Abril, 2021 STAR JE

5 dicas para conseguires superar o medo

Tempo de leitura 4 minutos

Este artigo é para ti! Sim, para ti, que já tiveste ou sentiste algum tipo de medo, pelo menos uma vez na vida!

O medo é uma emoção comum e não existe ninguém que não tenha sido vítima dele. Vivemos rodeados de medos, uns racionais e outros emocionais. Estes últimos são os mais perigosos, porque ao contrário dos medos físicos, cuja função é proteger-nos de perigos e situações reais, os emocionais podem tornar-se numa grande ameaça para o nosso desenvolvimento, dado ao facto de nos provocar inseguranças. Estão incluídos neste grupo os medos de fracassar, ser rejeitado, ser criticado, ser abandonado, entre outros. Quantas vezes deixamos de fazer algo que gostaríamos? Quantas vezes nos limitamos por causa do medo?

Deixamos-te aqui 5 dicas para que este inimigo deixe de te limitar.

 

  1.     Compreender o porquê de termos medo de fracassar

É medo de perder dinheiro?

Medo de ser julgado?

Medo de não corresponder às expectativas de alguém?

Diariamente, somos confrontados com vários tipos de medo, principalmente, o medo de fracassar. E para o conseguirmos perder, é essencial descobrir qual foi o motivo que o levou a desenvolver. Primeiro, é necessário sublinhar que, não se deve confundir um único fracasso com uma derrota final. Ou seja, não é por termos falhado uma vez, quer no trabalho, na faculdade ou até mesmo na nossa vida pessoal que vamos deixar de realizar os nossos desejos e objetivos.

Por isso, é necessário parar, analisar aquilo que aconteceu e perguntar à nossa mente quando é que esse medo de fracassar se iniciou. E, quando a nossa mente nos mostrar que afinal estávamos errados e que essa fórmula que utilizamos está longe de ser correta.

Uma dica importante para conseguirmos ultrapassar o medo de falhar, por exemplo numa apresentação de um trabalho da faculdade, é acreditar que és capaz de realizar esta tarefa. Por isso, antes de entrares para a sala de aula, deves sentar num lugar sem mais ninguém à tua volta e, finalmente, respirares.

 

  1.     O fracasso é inevitável e vai ensinar-te muito

Por mais que nós não queiramos assumir, o fracasso é completamente inevitável e faz parte da nossa vida. Desde sempre, as pessoas tiveram e têm momentos nas suas vidas em que fracassam. Contudo, é importante enfrentá-lo e seguir em frente! É necessário deixar o medo de lado, senão a nossa vida fica estagnada no tempo. E o tempo é tão curto e precioso. É necessário encontrar uma solução que nos abra o horizonte e que nos mostre que, afinal, a vida é bonita e deve ser vivida sem medos. Contudo, é necessário ter em atenção que, o medo do fracasso e não só, vão continuar a surgir nas nossas vidas ao longo da nossa caminhada. O fracasso é algo temporário, por mais que nos custe acreditar nisso.  O medo de fracassar, faz com que, cada um de nós crie pensamentos menos bons e isso mexe connosco. Porém, os nossos pensamentos devem estar sempre focados nos nossos objetivos. E se desejamos viver a vida, encarar o fracasso e assumi-lo faz-nos crescer muito mais!

“O fracasso é um evento, nunca uma pessoa”. (William D. Brown)

 

  1.     Rodeia-te de pessoas que se desafiem e que te desafiem

É, sem dúvida, importante para cada um de nós e, por sua vez, para a nossa sanidade mental, estarmos rodeados de pessoas que queiram o nosso bem e que nos desafiem a ver a vida de outra forma.

Por exemplo, se por acaso, tiveres na tua vida um suposto amigo que está sempre a rebaixar-te, que diz que não vales nada e que o teu fracasso é garantido, deves ter a força, a coragem e a determinação de deixares de dar a devida atenção a esse “amigo”. A tua vida não necessita de seres que, por natureza, são negativos e que transmitem energias negativas. Estas pessoas fazem com que a tua autoestima diminua gradualmente, aumentado assim a probabilidade de teres cada vez mais medo de fazer seja o que for. Por isso, é fundamental que tenhas alguém que veja a vida de uma forma positiva. Alguém que te incentive a arriscar e que te mostre que não existe problema em falhar. Porque falhar faz parte e as quedas são importantes para o nosso crescimento.

Se tiveres a sorte em ter o “amigo”, preserva-o e não o deixes fugir!

 

  1.     Chegou a hora de agir

AGIR! Este é o verbo principal para que consigas ultrapassar e combater o medo. Se este não fizer parte do teu dia a dia, então nunca irás conseguir dar a volta por cima, e o medo de falhar vai continuar a remexer contigo. Até podes ter pessoas à tua volta que te queiram ajudar, mas se a iniciativa não partir de ti, ninguém vai conseguir formar e desenhar o teu caminho. Se tens uma ideia, deves utilizá-la e pô-la em prática. Uma ideia que se põe em ação, acaba por te trazer uma enorme satisfação. A ação consegue fortalecer e reforçar a tua autoconfiança

A confiança deve aparecer em primeiro lugar na tua lista de desejos!

 

  1.     Viaja até ao futuro

 

Faz uma viagem até ao teu futuro, mas deixa para trás todos os medos e fracassos que assombraram a tua vida. Pensa que és capaz de superar o medo de fracassar e todos os outros que existem. Acima de tudo, pensa que aprendeste a lidar com o ele, porque sabes que este permanecerá sempre na tua vida.

Utiliza fórmulas e estratégias que te ajudem a contorná-lo. Se reparares que o medo está perto, tenta desviar-te dele e seguir por outro caminho. Acima de tudo não deixes de ser quem és só porque tens receio de não conseguires obter aquilo que mais desejas. Não fiques sentado em casa a pensar naquilo que poderias ter feito e no que poderias fazer. Levanta-te e vai. Trabalha e esforça-te. Porque acredita daqui a uns tempos, quem será recompensado…és TU!

pt_PTPortuguese